Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



AS CONTAS MAL CONTADAS DO BPN

Terça-feira, 04.11.08

No passado domingo e após um Conselho de Ministros extraodinário, o Governo liderado por José Sócrates anunciou que pretende avançar com a nacionalização do BPN (Banco Português de Negócios), anúncio esse que apanhou muita gente de surpresa.

 

Segundo Teixeira dos Santos, Ministro das Finanças, o banco liderado por Miguel Cadilhe acumulou um passivo total de 700 mil milhões de euros desde 2002 e está à beira da falência.

 

As críticas não se fizeram esperar visando, sobretudo, as auditorias do Banco de Portugal que, supostamente, não detectaram quaisquer irregularidades.

 

Ontem, o lider do BPN veio contestar a decisão do Governo e acusar o Executivo de "golpe político".

 

De facto, para o comum dos mortais tudo isto parece um pouco confuso e, quiçá, algo caricato...

 

A primeira questão que se levanta é: como é possível que num espaço temporal de 4 anos, o Banco de Portugal não tenha detectado qualquer irregularidade às auditorias das contas do BPN?

 

Em segundo lugar, porque é que o Governo só decidiu actuar agora, precisamente, numa altura em que a crise económica internacional se agudiza e quando Victor Constâncio, presidente do Banco de Portugal, já tinha conhecimento dos problemas financeiros do banco desde Março deste ano?

 

Por último, considero legítimo perguntar, o que andaram os gestores liderados por Cadilhe a fazerem para acumular um passivo total de 700 mil milhões de euros?

 

Pois, tal como noutros tantos casos mediáticos, parece-me que a "culpa acabará por morrer solteira" e que os portugueses ficarão sem muitas respostas.

 

Afinal, não é esse o grande apanágio 'tuga?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Criatura da Noite às 12:55


4 comentários

De Tiago a 23.11.2008 às 12:47

Muito ficou por esclarecer, realmente só mesmo no nosso País é que as ditas Entidades Reguladoras ( que na praticam nao regulam nada) é que andam a reboque das notícias , é realmente caricato, incrivel.

!º Fala-se nos media que o Bpn está com problemas e entao ai é que soaram os alarmes.
Realmente da teoria à pratica a diferença é muito grande..O Banco de Portugal tem como missão controlar todas as entidades bancárias, controlar todos os movimentos das mesmas, os depositos, a liquidez, etc etc, quando na pratica vai-se ver que o Banco de Portugal tem apenas 60 técnicos para centenas de entidades bancarias. Pois milagres nao podem fazer...
Isto mais parece tipico de um País de 3º mundo....

E curioso é saber-se que a Segurança Social levantou 300 milhoes de Euros do bpn ainda antes do escandalo, pergunto eu, e se a Seg Social tivesse feito o mesmo em outros Bancos onde tambem tem tais valores?!! Quem banco sobrivivia?!?!
Mas claro, agora a Ass da Rep, cria uma comissao para investiar este caso, fala-se, fala-se , fala-se, vende-se uns jornais, e o assunto acaba por morrer...
A preposito, desde o 25 de Abril de 74, nunca nenhuma comissao da Ass da Rep chegou a uma verdadeira conclusao....é curioso nao é?


De Criatura da Noite a 24.11.2008 às 17:48

Tiago, acabou de elucidar-me sobre algo que desconhecia por completo. isto é, desde o 25 de Abril de 1974 nenhuma comissão de inquérito da AR chegou a uma conclusão.
De facto, além de curioso é um bocado estranho... Ou talvez não...
Estranho seria se, alguma vez, tivessem chegado a uma conclusão.

De Tiago a 25.11.2008 às 21:57

Parece mentira mas é verdade, e vou -me esforçar para encontrar esse artigo sobre as Comissões de inquérito, está muitíssimo bem desenvolvido.
Estas comissões tem imenso poder, mas nunca o usaram em pleno e a prova é que nunca chegam a um resultado concreto...
No caso do BCP chamaram as figuras de topo, para lhes perguntarem se tinham tido conhecimento de desvios de dinheiro, offshore . branqueamentos de capital, etc etc , enfim...

De Criatura da Noite a 06.12.2008 às 21:28

As ligações político-económicas estão demasiado interligas para serem colocadas em causa...

Comentar post