Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



E SE DE REPENTE FICASSE CEG@?

Quarta-feira, 21.10.09

Ontem vivenciei algo que poderei considerar uma experiência, no mínimo, aterradora.

 

Durante a visita a uma exposição da ACAPO (Associação de Cegos e Amblíopes de Portugal) realizei um teste que demonstra bem as enormes dificuldades com as quais se depara um invisual quando vai às compras ou, simplesmente, quando quer utilizar um produto corriqueiro.

 

De olhos vendados foram-me apresentadas diversas embalagens de produtos. Utilizando apenas o tacto, o objectivo passava por subdividi-los em 4 categorias: higiene pessoal, limpeza, alimentação e bebidas.

 

Com grande à-vontade e uma enorme autoconfiança, comecei por identificar um pacote de toalhitas de bebé. Seguidamente, identifiquei um pacote de leite, um frasco de laca, outro de desodorizante, uma embalagem de creme para o corpo, um pacote de soja, entre outras coisas.

 

Quando fui autorizada a abrir os olhos, verifiquei com enorme espanto que não havia acertado na identificação de um único produto. Aquilo que eu julgava ser toalhitas de bebé eram na realidade toalhetes para limpar móveis. O pacote de leite não passava de vinho, a laca um produto para limpar móveis, o desodorizante um tira-nódoas, o creme uma embalagem de tinta para sapatos e a soja um pacote de comida para periquitos.

 

No final da experiência acabei por ser invadida por dois sentimentos completamente dispares. Por um lado, senti-me uma idiota por considerar que basta o tacto para identificarmos facilmente o que temos nas mãos e, por outro, aterrada ao imaginar os acidentes que a execução de determinadas tarefas tão simples para os normo-visuais poderá provocar numa pessoa cega.

 

Na verdade, o mundo seria bem mais fácil se todos pudessem usufruir dos mesmos direitos e garantias. Uma simples inscrição em braille facilitaria a vida a muita gente que em algum momento das suas existências tiveram a infelicidade de perder um dos sentidos mais importantes do corpo humano.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Criatura da Noite às 17:51