Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



'PÉROLAS' PAPAIS

Terça-feira, 12.01.10

Ontem, durante um discurso proferido junto do corpo diplomático sedeado na Cidade do Vaticano, Bento XVI afirmou que o casamento homossexual é um atentado à criação e põe em risco as diferenças entre homens e mulheres.

Vamos por partes...

Será que ainda ninguém explicou a esse senhor que para fazer um bebé, já não é necessário um pénis e uma vagina?! Provavelmente, e devido há sua mui nobre castidade, Bento XVI nunca ouviu falar de fertilização in vitro ou inseminação artificial e/ou caseira (aliás, muito em voga entre casais de lésbicas). Por isso, talvez também ainda não tenha percebido que a união entre dois homens ou duas mulheres não significa o fim da espécie humana, porque a orientação sexual em nada interfere com questões de fertilidade.

O casamento já deixou de ter como principal objectivo a procriação. As pessoas unem-se civilmente perante a lei, essencialmente, por razões legais.

Vivemos numa sociedade em que os poderes do Estado e da religião estão amplamente separados. Esse facto denomina-se laicicidade do Estado e vigora em grande parte do mundo ocidental e civilizado.

Começa a ser altura do chefe máximo da Igreja Católica cingir-se ao seu devido lugar e deixar de interferir em assuntos que dizem respeito, apenas ao Estado e à liberdade individual de cada ser humano.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Criatura da Noite às 17:22