Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O ZÉ POVINHO É QUE PAGA

Quinta-feira, 23.09.10

O Governo procedeu a cortes nos apoios sociais, subsídios diversos, orçamentos de hospitais, escolas, autarquias, instituições e organizações tuteladas pelo Estado no sentido de reduzir a despesa pública.

No entanto, continuamos a assistir a empresas públicas tuteladas por esse mesmo Estado a gastarem milhões de euros em coisas tão supérfluas como viagens ou automóveis topo de gama para os seus pseudo-administradores, gestores e restantes colaboradores.

Exemplo disso é o grupo de empresas pertencente ao grupo Águas de Portugal que só este ano, já gastou cerca de 14 milhões de euros na renovação da sua frota automóvel de alta cilindrada.

Neste exemplo flagrante e a raiar o revoltante de despesismo público, quase que poderiamos aplicar a velha máxima, "Faz o que te digo, não faças o que eu faço".

Resumindo e concluindo: anda o Zé Povinho a trabalhar de sol a sol, a efectuar descontos para a Segurança Social, a pagar impostos sobre impostos para no fim de tudo isto aqueles que, supostamente, deveriam dar o exemplo, andarem a esbanjar o erário público que, afinal, é de todos nós.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Criatura da Noite às 23:18


2 comentários

De Inês a 04.10.2010 às 15:29

verdade! alguns ganham e não fazem nada da vida, e há outras pessoas que têm de fazer pela vida.

De Criatura da Noite a 24.10.2010 às 21:48

Infelizmente, essa é a realidade da vida.

Comentar post