Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O DESESPERO DE ALEGRE

Quarta-feira, 15.12.10

As presidenciais aproximam-se a passos largos, mas os portugueses parecem pouco preocupados com esse facto.

 

Sondagens recentes mostram que Cavaco Silva poderá ser eleito à primeira volta com mais de 60% dos votos. Quem parece bastante incomodado com essa perspectiva é Manuel Alegre. Ao longo dos últimos meses, o candidato apoiado pela esquerda não se coibiu de atacar Cavaco Silva, utilizando todos os argumentos possíveis. Este fim-de-semana, Alegre chegou ao cúmulo de desenterrar uma velha história dos anos 60 que envolve o condidato apoiado pela direita.

 

Em 1967 Cavaco Silva entregou na PIDE uma declaração informando que estava integrado no regime salazarista, mas que não exercia qualquer actividade política. Segundo o actual Presidente da República, este procedimento era perfeitamente habitual para todos aqueles que queriam trabalhar. Cavaco Silva acrescentou ainda que essa declaração não o isentou de ser mobilizado para cumprir o serviço militar em Moçambique 10 dias após o casamento e enquanto aluno do 3º ano do curso de Economia.

 

Em abono da verdade, não posso deixar de concordar com as palavras do actual Presidente ao afirmar que Manuel Alegre está completamente desesperado. Só isso poderá justificar tamanha necessidade de desenterrar histórias do passado. E o que virá a seguir? Uma outra história do jovem Cavaco, aquando duma qualquer briga com outro petiz?

 

De facto, é de lamentar que Manuel Alegre ainda não se tenha apercebido que não serão estes pequenos fait-divers que o levarão à Presidência da República. Pelo contrário. Este tipo de histórias e historietas servem apenas para encher páginas de jornais e afastar ainda mais os portugueses da política.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Criatura da Noite às 13:27


2 comentários

De T. a 18.12.2010 às 15:19

Eu até ajudei a que ele fosse ás presidênciais, mas este gajo desaponta-me dia após dia. Se fosse hoje com a minha assinatura não ia a lugar nenhum! É sabido, de conhecimento de cultura geral, qualquer pessoa assinava um documento daqueles... Até a minha mãe para entrar para a função pública. Irra!

De Criatura da Noite a 18.12.2010 às 23:35

Concordo inteiramente contigo. Manuel Alegre tem sido uma autêntica desilusão nesta 2ª recandidatura a Belém. Denota-se uma clara falta de ideias e argumentos.

Assim, não vai longe.

Comentar post