Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O CAMALEÃO DA POLÍTICA

Sexta-feira, 10.06.11

A noite eleitoral do último domingo trouxe grandes emoções, tanto à direita como à esquerda. Os grandes vencedores da noite acabaram por ser os partidos mais à direita do espectro político. Apesar da vitória do PSD, esta não foi suficiente para formar uma maioria absoluta parlamentar, obrigando Pedro Passos Coelho a recorrer-se do "amigo" Paulo Portas.

 

À esquerda as contas foram outras. Depois da pesada derrota do PS, da consequente demissão de José Sócrates do cargo de secretário-geral do Partido Socialista e da perda de 4 mandatos do BE, resta saber como irá reagir a minoria de esquerda no papel de oposição.

 

Entretanto, Passos Coelho e Paulo Portas iniciaram conversações para a formação de um novo Governo. Nos bastidores já se fala da possibilidade do líder do CDS-PP assumir a pasta do Ministério dos Negócios Estrangeiros, relegando para segundo plano as baixas pensões dos reformados, os problemas dos agricultores e dos pescadores e o Rendimento Social de Inserção.

 

Assim e num puro acto de magia, Portas despiu a pele de 'Paulinho das Feiras' para voltar a vestir a pele de político, esquecendo por completo os mais desfavorecidos da sociedade portuguesa, isto, claro está, até à próxima campanha eleitoral.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Criatura da Noite às 10:32


2 comentários

De T. a 11.06.2011 às 15:35

Não votei em nenhum deles e para meu desapontamento ganho Pedro Passos Coelho, um imaturo, sem qualquer experiência de governo, que alia-se a quem? A outro desgorvanado! Para que não subsistam dúvidas, também não votei no palhaço do Socrates, mas sim CDU... Pela primeira vez na minha vida e espero que o meu avô tenha-me perdoado!

De Criatura da Noite a 11.06.2011 às 15:39

E pela primeira vez estamos em total sintonia. Segui essa mesmíssima linha de pensamento e também pela primeira vez votei CDU.

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.